Mostrar menú principal Ocultar menu principal
Básico
Avançado

Está aqui

Entrevista a Miren Begoña, Diretora da SerHogarsystem

Separadores primários

Separadores secundários

Cabecera Franquicia

SerHogarsystem
Investimento: 
10.000 €
Inclui direitos de entrada
Direito de entrada: 
10.000 €
Royalties: 
350€
SerHogarsystem
Investimento Direito de entrada Royalties Taxa de publicidade Contrato Área População Financiamiento Criação Franchisings
10.000 €   Inclui direitos de entrada 10.000 € 350€ 150€ 10 anos
25 m² -- Não 2002 2 próprios
31 Portugal
5 no estrangeiro
Miren Begoña
Miren Begoña
Diretora SerHogarsystem
Segunda, 10 Julho, 2017

Procuramos empreendedores que queiram abrir o seu próprio negócio, com aptidão para relações humanas e comerciais.

1- O que é a SerHorgarsystem?

A SerHogarsystem é uma consultoria integral de serviços e produtos para as pessoas e o lar, que oferece soluções personalizadas de qualidade no seu lar.

 

2- Em que se baseia o conceito de franchising?

A SerHogarsystem é um franchising de sucesso provado e consolidado no mercado, com mais de 35 unidades em Espanha e com presença no México e em Portugal.

O conceito do negócio é simples: serviços para o lar que melhorem a qualidade de vida dos nossos clientes.

 

3- O que distingue a SerHogarsystem das outras franquias?

Os nossos franchisados contam com o acompanhamento continuado da Central, que os apoia no seu dia-a-dia. Os nossos departamentos de Coordenação, Recursos Humanos, Marketing, Administração, Atenção ao Cliente e Grandes Contas, facilitam o êxito dos franchisados SerHogarsystem.

 

4- Quando está previsto o retorno para o franqueado?

O retorno está previsto dentro de um ano e meio.

 

5- Quantas unidades existem no mundo?

Neste momento temos 38 unidades espalhadas pelo mundo.

 

6- Qual o perfil de pessoas que procuram para a vossa franquia?

Procuramos empreendedores que queiram abrir o seu próprio negócio, com aptidão para relações humanas e comerciais. Necessitam de motivação para gerir uma atividade empresarial de forma independente, mas com capacidade para trabalhar e gerir um negócio em equipa. Formação académica determinada e/ou experiência em recursos humanos ou gestão de pessoas também é importante. Por fim, necessitam de recursos económicos que lhe permitam realizar o investimento necessário para exercer a sua atividade na zona pretendida.